top of page

Romance Slow Burn - Saiba tudo sobre essa ferramenta!



Se tem uma ferramenta que eu amo para construir os relacionamentos amorosos nos meus livros é essa. Em todos os meus lançamentos até hoje essa danadinha está lá, e amo quando ela aparece nas histórias que leio também. Então vamos conhecer um pouco mais sobre ela e como utilizá-la para criar histórias apaixonantes!


O que significa Slow Burn?


O Slow Burn é uma técnica que utilizamos para criar relacionamentos amorosos nas nossas histórias. Na tradução literal, essa expressão significa "queima lenta". Por isso, nos romances que se utilizam dessa técnica, a aproximação romântica acontece de maneira mais devagar, aos poucos. Da fáisca para o incêndio.


Isso quer dizer que os relacionamentos slow burn levam uns bons capítulos até aquele momento super esperado em que os personagens ficam juntos e nós leitores podemos dar aquele grito!




É basicamente o oposto do que acontece no "amor à primeira vista".


Casais famosos que fazem parte desses romances são por exemplo: Katniss e Peeta em Jogos Vorazes, Sophia e Ian Clark em Perdida, Camille e Adam em A Fortaleza, Alec e Magnus na série Instrumentos Mortais, e por aí vai...


Prós e contras dessa ferramenta


Pontos positivos:

1) Ela deixa a relação entre os personagens muito mais próxima da realidade. Afinal, é bastante raro que as pessoas na vida real se apaixonem logo de cara uma pela outra. O que acontece é mais uma atração de primeiro momento que pode nos levar a querer conhecer melhor a outra pessoa.

2) Há espaço na história para que cada personagem possa lidar com seus próprios problemas e conflitos pessoais. Isso faz com que a relação vá amadurecendo junto com eles e lá na frente, quando finalmente ficam juntos, essa relação tende a ser mais forte e duradoura.


Pontos negativos:

1) O slow burn arrastado por muito tempo pode acabar gerando frustrações com a demora e até levar ao abandono da leitura. Por isso é preciso sempre ideal equilibrar as coisas.

2) É extremamente frustrante esperar pra ver o romance o livro inteiro e ele só vir quando a história está a 1 página de acabar. Quem tá lendo precisa da "recompensa" de ver o relacionamento dando certo pelo menos por alguns capítulos depois de ter esperado tanto. Então nada de reunir o casal apenas no último capítulo.


Como colocar essa ferramenta em prática na hora da escrita?


Tenha sempre em mente que a coisa toda da aproximação é gradual. Se seu personagem conheceu alguém no capítulo 1, mesmo que tenha ocorrido uma atração mútua, eles não vão estar se beijando logo no capítulo 5.

Então você vai precisar focar no processo que vai levá-los até o momento do ápice, que geralmente acontece entre 50 e 60% (não quer dizer que é regra, hein!) da história.


Exemplo 1: Um casal que se odeia no início do livro. (O famoso Enemies to Lovers. Ainda vamos falar mais disso aqui no Covil também!)

Provavelmente alguma coisa vai acontecer no enredo pra que eles precisem trabalhar juntos, mesmo que sejam forçados a isso. Então, nesse meio tempo, eles vão precisar aprender a confiar um no outro, aceitar que precisam um do outro, e quando perceberem que alguns sentimentos podem estar mudando, aí ainda vem toda aquela fase da negação e da raiva por ter se apaixonado pelo inimigo kkkkkkkkkk


Exemplo 2: Um casal de amigos que de repente descobre que sentem algo mais.(O irmão gêmeo do Enemies to lovers é esse: O Friends to lovers!)

Com certeza eles vão viver algumas incertezas e conflitos internos sobre arriscar ou não revelar seus sentimentos. Provavelmente vão tentar encontrar outras soluções, tipo sair com outras pessoas, se afastar um pouco daquele amigo em especial. Tem todo o medo de acabar perdendo aquela pessoa de vez, mesmo na amizade.


O MAIS IMPORTANTE É ENTENDER QUE existem inúmeras formas de criar cenas que vão mostrar esse tipo de situações entre o casal do seu livro. Não tem uma receita a ser seguida, até porque cada gênero literário tem as suas próprias características e cada escritor(a) tem seu próprio estilo.



Mas então o jeito "certo" de escrever uma relação amorosa é usando o slow burn?


Não existe jeito certo no mundo da escrita e isso é o melhor de tudo! Essa é só mais uma ferramenta que está disponível e você pode usar ela como achar mais adequado e apenas SE você quiser usar.


Espero que tenham gostado desse conteúdo! Não esqueçam de me seguir nas redes sociais:






152 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page